quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Como desenhar corpos - tutorial

Atenção! Se você não respeita o que é o corpo humano, e que nele existe, braços, tronco, cabeça, pernas, bunda(sim, irei usar esse termo) e seios, então por favor, nem leia o post, pois este post é para ajudar quem deseja desenhar, e não para ficar fazendo gracinha, obrigada.


Bom, existem várias formas de corpos, afinal, somos muitos para termos um só, e cabe a você decidir qual corpo seu personagem terá!


Homens magros ou musculosos?

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Ao oni - jogo 2d

Os jogos 2d de terror - RPG maker costumam ter monstros que bugam em alguma parte do jogo, eles ficam presos em mesas e cadeiras, e também aparecem sempre num determinado momento.
Não em Ao oni.

Eles aparecem sim, sempre em alguma parte, mas eles também aparecem aleatoriamente, enquanto você explora qualquer lugar, e depois de fugir um bom tanto eles desaparecem... Andar por aqui com a sensação de que algo vai te perseguir a qualquer momento da uma boa tensão a mais, não?

Eles também não ficam presos em nada, nem adianta,  se ele aparecer corra, se você ficar parado vai morrer.

Ao oni tem uma história interessante, porém bem curta e sem complicações.

Você é um rapaz estudioso e um tanto cético, está junto de amigos numa mansão, fruto de um desafio de um de seus amigos, porém a porta trava e vocês se encontram presos, logo no início do jogo o grupo se separa de você, te deixando completamente sozinho. Seu objetivo é simples, achar amigos quando puder, e nunca morrer para o Ao oni.

E ai, vão encarar?

Eu baixei lá na Zero Corpse ~ ^^


Como desenhar cabeças - tutorial

No post anterior aprendemos a desenhar coisas que vão no rosto, como olhos e boca, então hoje aprenderemos a coloca-los e a fazer uma cabeça mangá.

Posições são um tanto complicadas, umas bem mais do que outras, como de baixo para cima por exemplo, mas como todas as outras coisas, a dificuldade desaparece com o tempo.


Sombras também são coisas chatas de se aprenderem, mas dão um toque muito especial e importante aos desenhos

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Como desenhar orelha, olhos, boca e nariz!

Esta é a primeira parte do especial de natal!
Vamos começar?
Pegue um papel, lápis e borracha e tente fazer alguns desses vários tutoriais!


Direção de olhares...? É uma boa treinar esse tipo de olhos, sem ser sempre para frente, afinal se você quer mesmo aprender a desenhar, logo vai se cansar de fazer eles sempre de frente.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Especial de Natal 2015

Não é este post aqui, o especial de natal será dividido em alguns posts, e será sobre como aprender a desenhar  mangá, ou nem precisa ser mangá, o corpo humano no geral, cabeça, corpo, olhos, cabelo, e também roupas... eu vou tentar fazer o mais completo possível.
Claro que jogar um monte de imagens com tutoriais é moleza (não que procurar as imagens seja tão fácil tem muita coisa sobre tutoriais na internet, mas nem tudo é exatamente aproveitável), então eu também vou testar alguns desses tutoriais e tentar dar algumas dicas que eu uso para os meus desenhos.


sábado, 28 de novembro de 2015

Como criar sua própria história - Tutorial

Obviamente isso aqui não é uma fórmula mágica, e talvez não funcione (provavelmente não funcione) para todas as pessoas... mas eu ensinarei como eu faço.
E como assim, criar histórias?
Eu gosto muito de escrever, não vou me aprofundar nisso porque esse não é um post de fatos ;D
Além de servir para criar uma história escrita, também serve para criar mangás, teatros, o que você quiser, receba a informação e aproveite como quiser.

Vamos lá?

Foco

Primeiramente, pense em livros que você gostou de ler, independente daquilo que deseja criar, ter uma estrutura de um escritor (roteirista de mangá) que você gosta sempre vai ajudar, caso você ainda não tenha o costume de ler, acredito que vai ter um tanto de dificuldade nessa área, mas enfim...

Pense em que tipo, se romance, aventura, ação... e depois nos principais acontecimentos que deseja, vou dar um exemplo.

Romance

A mocinha descobre depois de um tempo que tem uma doença terminal e viaja para outro país sem avisar ao mocinho que não vai voltar mais.

Entenderam? é como se fosse um climax, um momento de apreensão, se fosse uma história de ficção, de aliens talvez, onde o herói é abduzido seria um climax, ter essa noção de quais serão os principais acontecimento é muito importante.

Personagens


~pego no deviantart a mt tempo ~

Outro ponto muito importante é a criação dos personagens, é uma etapa decisiva, onde você precisa pensar muito bem em como vai querer o carácter de cada um deles, faça como uma ficha técnica, anotando todas as características físicas e também comportamentais, é muito comum, conforme sua história vai se desenvolvendo você se esquecer de algum detalhe, como a cor dos olhos por exemplo, uma vez que ninguém fica citando "os profundos olhos azuis" o tempo inteiro(talvez até tenha, mas seria um estilo de escrita, que eu não consideraria comum).

Se você souber desenhar, ótimo, rabisque seus personagens quantas vezes quiser, mais de uma vez não é necessário, faça isso se quiser. Caso não, sem problemas, pense em um ator, ou até uma pessoa parecida, para quando for descreve-lo durante a sua história não fique algo muito superficial, como se você mesmo não conhecesse seu personagem.

Coesão


O que eu tinha colocado mesmo?

Cuidado com tudo que você fala, não adianta falar que o mapa marca o tesouro no Y e mais tarde falar que ele está no X(a não ser que faça parte do contexto)... o que eu quis dizer é, não se perca na sua história, tenha em mente que você precisa manter tudo sempre coerente, é muito fácil se perder durante tramas longas (experiência própria), então tenha em mente, você sempre vai precisar ler e reler sua história, o tempo inteiro, repassando os detalhes, claro que depois de um tempo isso acaba se tornando desnecessário, mas a prática leva a perfeição.

Cenário
Sesshoumaru samaaaaaa

Esse é meu ponto fraco, eu não tenho paciência de encher linguiça, eu dou alguns detalhes pro leitor e o resto fica por conta da imaginação dele.
Bom, de qualquer maneira, funciona mais ou menos assim:
Quando você está criando sua trama na sua mente, você já vê algumas coisas que tem ali, se é um salão de uma enorme mansão, ou se é um casebre caindo aos pedaços. Então feche seus olhos e imagine tudo, monte um cenário lindo e comesse a descreve-lo para o leitor da melhor maneira que conseguir, lembre-se, as palavras transmitem qualquer coisa, emoções, e imagens também, elas estão ali subentendidas, depois, de para alguém ler e pergunte como ela imaginou o local.
Quer fazer um teste para saber se consegue passar o que quer para os leitores? Pegue qualquer imagem de paisagem, descreva-a como se fosse um cenário da sua história, depois mostre aquilo que você escreveu para alguém, e depois mostre a imagem, veja se ela imaginou mais ou menos daquela maneira, se sim, parabéns! Se não, treine mais um pouquinho.

Diálogos


Ah ~ minha praia...

Como criar um travessão:

alt + 0151

Exemplo:
"Minha nossa, como você engordou! "

Como criar (eu não sei o nome dele) a barra que separa a fala ao o que está acontecendo enquanto o personagem fala :
– 
alt + 0150

Exemplo:
" — Minha nossa, como você engordou! disse enquanto comia um pastel recheado de calabresa "

Não seja confuso, quando o diálogo for muito extenso, tente citar o nome dos personagens de vez em quando, para que o leitor saiba quem está falando e quem está respondendo, é muito chato ter que ficar relendo para poder saber, esse é um erro comum até para escritores experientes.
O narrador também pode fazer parte desse momento, dando um complemento ao diálogo.

"— Nossa, como você é má dizendo isso de mim enquanto come esse pastel...maravilhoso... de-me um pedaço?!
A garota que não era tão cheinha quanto a amiga a descreveu queria dar motivo ao apelido recentemente ganho.
"
Depois de uma longa descrição, de cenário, ou parte da história que não de para usar diálogos, é bom usa-los, é como se fosse um descanso para o leitor, deixando o texto mais gostoso de ser lido e aproveitado.

Fim do tutorial ~

Ai vocês me perguntam (ou não) onde estão então minhas histórias querida?. . .

Eu não as posto, eu as faço para mim mesma, e algumas eu deixo meus amigos lerem, apenas isso, prefiro não divulgar nada ainda, pelo menos.

Qualquer dúvida só deixar nos comentários que eu tentarei responder o melhor que puder.



sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Bokura ga ita - Introdução

Anime que eu considero quase um pai dos shoujos, com a imagem de casal mais famosa que eu conheço, alias, eu vi esse anime porque descobri que essa imagem não era só uma imagem, era um anime, ai eu fiquei tipo :  :0000 que??? e fui assistir.
geralmente eu via ela em PB, provavelmente do mangá

Sinopse: Nanami é uma garota normal, que está entrando no ensino médio, Yano é um garoto super popular e eles são basicamente opostos. X acontecimentos acontecem e eles se aproximam, até que Nanami se encontra apaixonada por Yano, porém, Yano tem um passado um tanto conturbado e está preso a sua ex, ele tem um temperamento impulsivo e um tanto... grosso? Hm, enquanto Nanami é nova nesse assunto e se sente completamente perdida e sem saber como reagir a cada nova barreira que surge entre eles.

Minhas impressões:

Achei que tinha passado raiva em Ao haru ride até assistir Bokura ga ita, é...

História: Boa, bem desenvolvida, muito bem contadinha, você dificilmente vai encontrar algum furo nela ou algo que não se encaixe, ela também não é cuspida na sua cara, a cada episódio algo é revelado, e na maioria das vezes esses fatos pesam muito mudando quase sempre o curso que a história estava tomando até então. Eu posso afirmar que definitivamente não é um anime parado, onde tudo é arrastado, muito pelo contrário, é um anime rápido, onde as coisas acontecem tão simultâneas que fica difícil digerir tudo tão rapidamente. Esse é sim um shoujo focado no casal principal, com pequenos foquem nos personagens secundários, um salve para o Take, melhor amigo de Yano o/!

Traço: É...é. Não é bonito, é bem minguado sabe, sem recursos e com muitos bugs, provavelmente estavam sem orçamento para produzir, de qualquer maneira, eu gosto .-. acho que a atmosfera simples do anime não exige super traços, e não acho que isso afete de qualquer maneira o decorrer da história.

Trilha sonora: Eu gosto do comecinho da op, e da música de encerramento, que também toca em partes importantes durante o anime.



Conclusão:
Um anime que está sempre no climax, o tempo todo te surpreendendo, mostrando também que nem sempre as coisas são como queremos, ceder, entender ou as vezes apenas ficar ali vale. Então eu recomendo sim, eu estou gostando muito dele, faltam 2 ep pra eu acabar e sei que vou sentir falta <3

Link para assistir: Animeq (26 ep)

Obs: É muito feio eu gostar mais do Take do que do Yano? u-u
Obs2: É mal de Nanami's mesmo ter azar com homens ein ~referência a Kamisama hajimemashita

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Conhecendo mais da blogger – Aline-chan


Hoje lhes trago tags sobre mim \o/

Seu nome: Aline
Seu apelido? Lin, esse apelido me foi dado por um amigo que eu conheci aqui no blog ~e-e
Seu signo: Capricórnio, sim, esse signo sério e meio chatinho
Sua comida predileta: fettuccine, macarrão talharin com queijo e presunto, molho branco e as vezes ervilha ~que eu dispenso 
Seu lugar de passeio predileto: São Roque, interior de Sp, é um lugar tranquilo que eu me desligo um pouco das coisas, gosto muito, e geralmente vou uma vez por ano.
Um hoobie? Colecionar coisas, qualquer coisa, mas a coleção mais importante que eu tenho são de gibis da turma da Mônica e mais recentemente os mangás da turma da Mônica Jovem.
Um anime? Shoujo eu escolho Kamisama, Shounen eu escolho Inuyasha, Comédia eu escolho One punch man.
Um livro? 4 vidas de um cachorro, um livro curtinho que te faz ver o mundo de uma perspectiva nova, muito lindo.
Um filme?  Jogos mortais, porque... bem, eu adoro qualquer coisa que me surpreenda, e minha cara vendo o final do primeiro filme foi impagável.
oi
Um animal? Eu amo cães, eles são alegres e te amam mais do que você a eles, mas são muito dependentes e eu sou o oposto completo disso, combino com gatos, calmos, meio "nem ai" pra você, mas que gostam de um colo as vezes, é, gatos.
O que gosta de fazer com seus amigos? Cinema é onde nós sempre vamos, mas eu gosto de fazer qualquer coisa com eles, até grands nada.
O que você mais odeia? Odeio que maltratem alguém que eu goste, que me acusem de algo que eu não fiz e falsidade.
O que você mais gosta? Eu gosto de muitas coisas, gosto dos meus pais e meus amigos principalmente, gosto de não ter tarefas pra cumprir, é isso eu acho.
Estação do ano preferida? Outono, nem tão frio nem tão quente.
Objetivo de vida? Viver sem problemas, fazendo o que eu gosto, desenhando, escrevendo e levando minha opinião pelo vasto mundo da internet.

~ OO post diferente hoje pra vocês, e quem são vocês? ...

domingo, 8 de novembro de 2015

The Gray Garden - 2d

Uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu eu troquei de tema \o/ finalmente ein, depois de trocentos anos com o tema Ib (e ainda sim me doeu trocar ;-;)...
Deu um bom trabalho, principalmente esse fundo, já que eu não achei e tive que fazer eu mesma, bah, valeu a pena, apesar do tema ser o Jogo The Gray Garden ta na cara que eu fiz mais usando o shipp Kcalb e Etihw e-e'

Eu adoro o traço do(a) Mogeko, e também adoro as histórias que ele cria, são muito boas, eu apenas joguei Gray e Castelo Mogeko, me falta Wadanohara, que eu já tenho no pc, assim que der eu vou jogar '3'

A histórinha do jogo é mais ou menos assim:

A protagonista é Yosafire, uma demônio criança, ela é esperta e meio idiota ... e tudo começa com um buraco, que ela cai dentro...

Bom, o que realmente está acontecendo vai aos poucos sendo revelado, mas basicamente tem seres estranhos invadindo o mundo que eles vivem, e secretamente(ou não) estão aprontando algo maligno contra eles.
Traço original - Mogeko
The Gray Garden é um mundo bem diferente, onde o Diabo (Kcalb) e Deus ( Etihw) não estão em guerra, pelo contrário, eles vivem juntos no castelo (tomando chá e comendo bolo), Etihw também demonstra interesse em Kcalb que é a lerdesa em demônio e não percebe.

O jogo possui sistemas de batalha, existem as batalhas bestinhas, que só servem mesmo pra você upar seus personagens, sim, no plural, Yosa possui várias amigas, e você pode controlar todas em determinados momentos do jogo. Eu acho importante upar seus personagens por causa de algumas batalhas mais importantes, acelera sua vitória também, deixando as batalhas menos cansativas.


O mapa do jogo é um tanto extensa, e você precisa andar muuuuuuuuuuuito, o que torna o jogo bem demorado, existe muito, mas muito diálogo também, não se esqueça, o ponto forte dos jogos 2d são suas histórias, e Mogeko é perito nisso!

Os personagens são cativantes, cada um com sua personalidade super marcada, os seus desings também são bonitos, há comédia boa parte do jogo, perseguições, finais secretos, MUITA COISA!

Bom, é sem dúvidas um dos melhores jogos que eu já joguei, e como sempre eu peguei o link na Zero-Corpse <3

Todos os personagens presentes *u*

 Saiba mais sobre os personagens e o link para Download no site da Zero-Corpse




sábado, 31 de outubro de 2015

One Punch Man - Introdução

De acordo com minha amiga a tradução seria "Homem de um soco só", o que na real, combina muito com o personagem principal, carinhosamente apelidado por mim como "protags"(não só ele, todos os personagens principais)...


Sinopse (como essa é uma versão minha, pode conter pequenos spoilers:

Saitama é um cara que está entediado, sua vida é chata e comum como de todos os  outros homens de sua idade, para piorar, ele é um fracassado no mercado de trabalho, então quando um dia se depara com um monstro metade carangueijo metade homem(?) ele decide ser morto por ele, porém, o monstro ri e o deixa ali, por ser digno de pena. Bom, de uma maneira ou de outra ele acaba entrando no caminho desse monstro novamente e o mata de maneira inesperada..........
O heroi de um soco só é nada mais nada menos que um super cara, provavelmente o mais forte que você já viu no mundo dos animes, e ele é assim simplesmente por ... hobbie!
Mais tarde nosso heroi se depara com um ciborg que deseja vingança, e ao presenciar uma cena dele, o pede para ser seu mestre...


Minhas impressões:

Cenas do mangá montadas num gif.
O anime ainda está em lançamento, mas já posso dar uma boa opinião parcial sobre esse anime(que também possui mangá e pelo que vi o mangá está bem mais detalhado...nada fora do normal).
Ele tem uma temática diferente, e uma pegada irônica que eu adorei, não tem como você não adorar o jeito do Saitama, ele é tão "nada"... o jeito lerdo do ciborg também cativa, é como ver uma criança em constante perigo, apesar dele ter seus 19  anos... bom, ele meio máquina afinal, não vamos julgar.
Os vilões costumam sempre subestimar o nosso Saitama, claro que pra nós é tipo: "AHAHA OLHA LÁ QUE BURRO" kkk

Está na minha lista de melhores animes, quase ali no topo, torcendo muito pra ter muitos episódios e várias temporadas (ainda nem lançou tudo e já to querendo de mais, SIM!)

Eu assisto no animeq:

http://www.animeq.com.br/2015/09/one-punch-man.html



Mikakunin De Shinkoukei - Introdução


Sabe aquele anime que você não da nada, acha que vai ser só pra passar o tempo enquanto seu anime não lança mais episódios?
É, pois é.

Dessa vez lhes trago um anime do gênero comédia!


Sinopse:

Uma garota acorda feliz com seu aniversário de 16 anos, e da de cara com seu noivo que ela nem mesmo fazia ideia que existia... e ele e sua irmã vão morar com ela, sua irmã e sua mãe a partir de então........!
O anime vai mostrar a convivência entre eles, e como o relacionamento de cada um vai aflorar, existe também um mistério sobre o passado dos dois, da noiva e do noivo, que aos poucos vai sendo revelado.... muitos segredos....hmm

Impressões:

Os primeiros dois episódios são fracos, o terceiro te encaminha para algo que parece ser mais interessante e no 4° finalmente as coisas se tornam de fato interessantes, sem falar que conforme o anime passa, você aprende mais sobre o jeito de cada personagem e já define de qual gosta mais, e porque.
Eu por exemplo gosto do garoto(me perdoem a falta de nomes, sou ruim com isso), por ele ser super timido e não falar nem 10 frases em 4 episódios... sua falta de expressão também me chamou atenção, uma vez que você sabe o que ele está sentindo pelas coisas voando em volta dele(cenários tipicos de shoujo)...


Recomendo para fãs de comédia, apesar de ser uma comédia bem cotidiana, eu não considero esse anime ecchi, ele tem algumas referências, mas não passa disso, bom, a op pode apresentar coisas que lembram ecchi, mas para por ali mesmo, tão, assistam a vontade (lembrando que eu to no ep 7, melhor garantir neh)~

Vejo no animeq:
http://www.animeq.com.br/2014/01/mikakunin-de-shinkoukei-episodios.html

domingo, 6 de setembro de 2015

Kimi ni todoke - introdução



Sinopse:
 Sawako é uma jovem estudante com probleminhas de socialização, as pessoas a chamam de "Sadako" – comparando-a com a menina do O chamado – e ela não faz lá expressões muito amigáveis. Bom, Sawako não é aquela sonhadora em ser popular e ter amigos, ao contrário, ela aceita bem seu destino, apesar de, claro, não ser feliz assim. Tudo muda quando ela encontra um garoto perdido, Kazehaya, e ele, ao contrário de todas as outras pessoas, não respondeu-a com medo, foi gentil, sorriu e agradeceu a ela por lhe mostrar a escola que estava procurando.
A história gira em torno de Sawako conquistando amigos e descobrindo novos sentimentos, coisas que ela jamais sonharia em viver começariam a acontecer...

Minhas impressões:

Como na intro anterior,vamos por partes;

Traço: Talvez o traço incomode pessoas acostumadas com traços mais atuais, até porque as perninhas deles são varetinhas, rç No geral, eu gosto bastante do traço, cada um com suas características.
Ahh, eles tem muitas horas de versão chibi, muitas mesmo, pra quem gosta de caretas chibi, prato cheio!


História: Todo shoujo tem clichês, mas esse aqui eu achei que ia ter um clichê super clássico, que não teve, pra saber qual é selecione a seguir(está escrito em branco e-e): aparece um cara, mas ele não chega a gostar da Sawako, e ele nem é má pessoa).
Assim como Ao haru ride (meu 2° shoujo favorito), a história foca bastante nos amigos, na vida deles mesmo, em Kimi ni, isso acontece muito mais profundamente que em Ao, eu gosto disso, não deixa o anime saturado numa coisa só, existe um foco em problemas cotidianos também, como traição, ciúmes, falsidade, ingenuidade, más interpretações, julgamentos precipitados e até violência por se envolver com uma pessoa errada.
Sobre o romance principal, acho que ele se desenvolve bem, bem e de maneira tão lenta que é quase parando õ-õ, mas tudo bem, vale a pena, é um amor muito ingenuo e tranquilo, que combina muito bem com seus protagonistas.

1° e  2° temporadas

A primeira é como a intro e o desenrolar da nova vida que Sawako começa a levar, e a 2° é o desfecho da obra.

Trilha sonora: Eu gosto pakas das aberturas, um carinho especial pela primeira, e também gosto das end's, as que tocam durante o anime também são boas <3

É isso minna, super recomendo pra vocês, tooodavia lembre-se, este não é um shoujo super açucarado.

1° temporada link: Kimi ni todoke
2° temporada link: Kimi ni todoke 2


sábado, 8 de agosto de 2015

Aline-chan em fatos - Não gostei de todos animes que vi

Alguns deles, eu recomendei para vocês e vou explicar porque, já que neh, eu não gostei.



Vou começar com este:
Higurashi No Naku Koro Ni

Na introdução que eu fiz (vc pode ler ele clicando ali em cima) eu ainda estava no ep 6 e disse que ele era bom porque intrigava e não dava para adivinhar o final...OK.
Eu não gostei do final do primeiro arco e nem do andamento seguinte do anime, que parece que nada aconteceu e tals e volta tudo do começo mudando sempre algumas coisinhas que alteram também o final, eu não me apeguei a nenhum personagem, na verdade achava eles chatos e sem profundidade, no começo do anime é normal não ter essa familiaridade, mas depois, esperava mais.
Sobre yanderes... eu sei que muitos preferem as garotas desse anime a Yuno, mas, eu particularmente prefiro trocentas vezes a Yuno, porque você acompanhou desde o comecinho a história de amor dela pelo Yuki, o desenvolvimento, o drama e "blablablá", sinto, mas não posso dizer o mesmo de Higurashi e suas garotas, que alias, formam um harém muito chato(haréns já são chatos, harén de yandere então...).

Se você gosta do anime, me diga porque, quem sabe não deixei de considerar algo, ah sim, a história era interessante, podiam ter dado muito mais foco nela.

Watashi ga motenai no wa dou kangaetemo omaera ga warui ou (watamote)

Nada a declarar exatamente sobre este, foi recomendação por comentário aqui no blog, é uma das introduções mais curtas, eu disse nesse post que gostei do anime, e realmente gostei, mas como é só isso, "a vida de uma otaku" eu não me prendi, e não terminei e nem vou.

Agora é a hora que muitas meninas(e meninos) vão querer meu pescoço....

Sukitte Ii na yo

Eu não gostei, não vou gostar e é isso ai.
Mas esse em particular, eu não achei tudo ruim, só o foco do anime que eu detestei, que é nada mais nada menos que o romance entre a Mei e o Yamato, antes, eu disse no post que o anime era bom, e ele realmente é bom, e no inicio eu achava o romance deles lindo, só que......................... depois eu odiei odeio até hoje, e é, pois é.
Quando termino um anime eu sempre fico numa brisa, analisando tudo que aconteceu e procurando furos na história ou coisas que não batem, fatos mal explicados, esse tipo de coisa.
O romance entre esses dois surgiu mais ou menos assim:
Yamato e amigo, amigo tara Mei, Mei brava, Mei chuta a pessoa errada(Yamato), PAIXÃO..... lembro algo? Um certo filme de vampiro... basta um olhar neh?
Eu não vi razão para o amor deles acontecer, a Mei é sem graça, e chata, eu chamava ela de " coisa muda", e o Yamato é bem sem graça também, popular sim, pois é bonito, mas sua personalidade não é maravilhosa, alias, ele se mostrou um belo dum cabeça de vento "ah perai que eu vou jantar  a sós todos os dias na casa da super modelo que não vai com a cara da minha namorada e que gosta de mim, obvio que é normal e ninguém vai chamar minha namorada de corna", isso Yamato, certinho! (sqn)
Ele é dito como alguém inteligente, mas depois desse furo classifiquei ele como idiota (um idiota bonito e fofo as vezes, relaxem, percebo as coisas boas.)
Em contrapartida, gostei muito de uma personagem que esqueci o nome, mas ela era feia e usava maquiagem, gordinha, o namorado traiu ela e ela se recuperou nos braços do Yamato (que, tão bonzinho aceitou se deitar com ela, isso é muito fora do normal, nenhum menino faria isso de verdade, não para ajudar, claro) ela se tornou forte e decidida, uma verdadeira mulher (Então neh Mei...), e também gostava do amigo de infância do Yamato, ele tinha carisma e ele sim tinha uma certa química para gostar da Mei, e pra mim, formavam um casal bem mais interessante, ele com o jeito dele podia soltar mais ela, além de ter rolado um clima quando ela estava triste, bom, também gostava do casal da menina de seios avantajados e o outro amigo do Yamato, achei legal como começaram e a sinceridade entre eles.
Bom anime, romance principal ruim, é isso.

Mekaku City Actors 

Eu fui introduzida ao mundo dos animes e mangás e logo me deparei com Vocaloid, então eu esperava muito desse anime, porém, fiquei decepcionada.

O mangá é melhor, nada fora do normal, mas o mangá não é só melhor, o mangá é bom e o anime não.
Não sei, mas tenho a impressão que o mangá era curto de mais para um anime inteiro, então eles deixaram tudo muito espaçado e chato, MUITO CHATO, eu vi até o ep 7, na esperança dele ficar bom, só que chegou num ponto que eu tava quase dormindo, adoro os personagens, eles tem um design muito bom e boas personalidades, a história é muito boa, mas foi mal contada, mal organizada.

Não me odeiem por me expressar de maneira um tanto agressiva sobre animes que eu sei que muitos de vocês gostam, mas é uma opinião minha, concordar ou não é decisão sua!


 

sábado, 25 de julho de 2015

Jigoku Shoujo - Introdução

"MAS SÓ TEM INTRODUÇÃO AGORA??!!"
Se antes faltava agora sobra u-u


Sinopse (da 1° temporada)
Enma Ai é a donzela do inferno (alias esse é o significado do nome do anime)
Ela é encarregada de levar as almas para o inferno...
Existe um site que qualquer pessoa que queira se vingar de outra pode acessar, porém, só apos dar meia noite, se você tentar em outra hora, da como "NOT FUND", como se ele não existisse, bom, ao abrir a página, você digita o nome da pessoa que quer se vingar, se a donzela aceitar seu pedido, você receberá um sms dela, e logo ela aparecerá para você. Ao te encontrar, ela te entregará um boneco que parece de palha, com um laço vermelho amarrado em seu pescoço, ao puxar este laço, seu contrato se tornará oficial e a pessoa cujo você deseja se vingar será imediatamente mandada para o inferno, porém, quando morrer, você também irá para o inferno.


Minhas impressões:
Eu AMEI esse anime e vou explicar o porquê em partes:

História: Ao contrário de um anime normal, que possui uma história que vai se desenvolvendo a cada episódio, em Jigoku Shoujo, cada episódio conta a história de uma pessoa que deseja se vingar... MAS, ao mesmo tempo em que cada episódio é uma novidade, com o decorrer da trama, surge alguns acontecimentos fixos, como o investigador que quer saber mais sobre Enma, e também é revelado o passado dela...

Personagens:  É um mistério, eles só são tacados ali pra você sem explicação alguma, mas aos poucos você se envolve com eles e aprende mais sobre eles, na primeira temporada, somente o passado de Enma é revelado.

O final: o final de deixa tão eufórico que não sei te explicar, foi o melhor final de anime que eu já vi até agora.

Trilha sonora: Original ou não é fantástica, abertura, fechamento, as trilhas que tocam durante certos eventos, sério, muito boa. (deixo a ending ai pra vocês *u*)


O tema abordado pelo anime é mais sério, e bem mais sensível, mostra muitos jeitos de pensar, agir e viver, te fazendo refletir sobre certas ações, se é realmente bom perdoar ou não...

Se tornou um dos meus favoritos, sem mais.

Assista no animeq(26 episódios): Jigoku Shoujo

domingo, 5 de julho de 2015

Amagi Brilliant Park - Introdução

Hey minna!
Mais uma introdução quentinha pra vocês!


Sinopse:
Tudo começa... com uma arma.
Bom, um estudante comum é "convidado" a sair por uma aluna que acabara de mudar para sua escola, ela o leva (nem foi a força...) para um parque que está para ser fechado, ele é sem graça e muito mal cuidado. Após mostrar como está a atual situação do parque, ela o convida para ajudar a fazer o parque "renascer", ele, se recusa. A garota então o leva para conhecer o gerente do parque, que na verdade é uma garota vestida de princesa, ela então explica que eles são seres mágicos, e que caso o parque feche, eles ficariam sem um lugar para morar... obvio que ele não acredita, então a princesa o beija, ele desmaia (que mocinha...) e quando acorda descobre que ganhou um poder um tanto peculiar...
Sua tarefa é fazer o parque chegar aos 500 000 mil  visitantes em 3 meses, caso contrário, o parque fechará.




Minha impressão:

Tava cansada de animes com a mesma história, em especial shounen, estou evitando ao máximo animes assim, to cheia de ecchi também, infelizmente, este é um dos pontos negativos para esse anime, pelo menos, ao MEU ponto de ver. Quando a história, achei bem trabalhada, e interessante, diferente e muito envolvente, é raro eu gostar de um anime e querer saber logo o final, apesar do final ser um tanto previsível, é muuuuito bacana ver como eles vão superando casa obstaculo, sério, muito daora ;D

Recomendo para todos, o ecchi em si é leve.
Possui 13 episódios, sendo que o ultimo é um especial.

ASSISTA: Amagi Brilliant Park - animeq


terça-feira, 31 de março de 2015

Ao Haru Ride - Introdução

Owww, ah quanto tempo ein???

Esse anime, é bem, especial... já que foi a primeira vez que eu li o mangá inteiro depois de ver um anime (aliás, eu nunca tinha lido mangá nenhum...)

É meio difícil falar desse anime de modo imparcial, já que eu sei tudo que acontece e me apeguei muito aos personagens... ><


Link do mangá(online): mangahost
Link do anime: anitube

Futaba é uma aluna do ensino médio, ela é bonita, e quando nova isso fez com que as outras garotas a odiassem, então ela decidiu mudar seu jeito, ela age, de maneira "grosseira" de propósito, para ser menos feminina. Kou era seu amigo no fundamental, eles se gostavam, até marcaram de se encontrar para irem a um festival juntos, mas ele nunca apareceu, e depois disso, sumiu... Mas ele finalmente voltou, só que agora, está diferente, muito diferente do Kou de antes, e Futaba se recusa a aceitar isso.
Bom, ela tentará de todas as maneiras ajudar Kou a superar seus traumas, que ele viveu longe dela, e a tentar se aproximar dele, pois seu sentimento nunca morreu, desde o fundamental até agora.

É um excelente Shoujo, diferente dos outros, melhor, eu diria, já que se preocupa mais com a formação de laços, e nos laços de amizade, se aprofunda nos sentimentos dos personagens, remexendo seus passados e coisas assim... eu não sou muito fã de Shoujo, mas este aqui me conquistou.


~ Prévias do mangá, TERÁ Spoilers, leves ou não, sei lá, leia se quiser.

O anime não termina de modo concreto, possui um OVA que deixaria qualquer fã do anime feliz, com eles marcando novamente de se encontrar para o mesmo festival que nunca chegaram a ir............................
MAS NÃAAAAAAO É ASSIM NÃO, eles nunca chegam a ir nesse festival,  muito pelo contrário, as coisas vão mudando, vão invertendo, ao invés de continuarem a melhorar, elas pioram, pioram e quando você acha que não da pra piorar mais, elas pioram....e mais, mais e mais ainda!!
Me deu agonia ler o mangá, simplesmente porque não dava para parar, já que toda hora acontecia alguma coisa, e eu precisava saber no que aquilo iria dar...
são 49 capitulos, com cerca de 45 páginas cada, eu li em 2 dias ~com a internet travando pra dedéu T-T ~


sábado, 28 de fevereiro de 2015

Raposas Curiosas

Site: Raposas Curiosas
Facebook: Page das raposas!
Twitter: Twittando com as raposas!

Este é ~ Tambores ~ o meu novo projeto!! Desta vez eu não estou sozinha, tenho uma equipe boa, que me ajuda e posta comigo...  cada um com seu jeitinho, e vocês provavelmente vão gostar deles, se gostarem de mim :v (~°-°)~

De onde veio a ideia? Do desespero de querer trabalhar em alguma coisa, chega uma hora que a acomodação se torna um incomodo ( paradoxo?), lá eu sempre estarei postando, sempre mesmo, não terá espaçamentos entre posts e nem pausas, é post todos os dias.

E o que acontece com este blog, vai tira-lo do ar?
De jeito nenhum '-' ele continua, sempre que eu tiver uns minutinhos disponíveis, postarei u-u, mas agora o foco é outro, bola pra frente.

Espero que vocês me apoiem lá tanto quanto me apoiaram aqui, obrigada a todos que continuam entrando aqui, mesmo com tanto descaso da minha parte ;-; (descaso mahomeno neh, pq eu sempre tentei postar direito aqui õ-õ )

Ah sim, no site eu não assino como aqui "Aline-chan" me encontrem como "RD" \ ^u^ /

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Novo projeto a caminho...

Eu não sumi a toa, nem esqueci do blog u-u


Comecei um novo projeto, um novo blog? talvez... mas não exatamente.
Assim que eu terminar coloco o link para vocês, mas por enquanto eu não posso divulgar nada...
 (~º-º)~  -suspense~

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Ib - Quem nunca quis um anime de Ib? 2

Tive que fazer o 2 '-' tinha muitos vídeos bons e-e
Não vou ficar de falatório não, aproveitem os vídeos ><


 Esse último...se passa quando Garry vira um quadro, e ela volta pra busca-lo ;-; que lindo ;-; ~são lagrimas masculinas u-u ~

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Ib - Quem nunca quis um anime de Ib?

É bem curtinho, mas já da pra sentir como seria se tivesse um anime ><
Existem muitos jogos 2D com boas histórias, que eu acho que dariam animes melhores do que esses que estão lançando atualmente...

O Garry caindo e-e kkk


Uma versão mais radekal deles e-e




:B não é exatamente "animado", mas eu gostei :B

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Zu! - Detonado + Link de Download

Não irei fazer uma análise muito profunda do game, porque isso já tem por ai na internet... o que não tem é um detonado completo... então eu irei fazer ><

Zu é um jogo muito bonito, para as plataformas 2D, e tem uma jogabilidade um tanto diferente, que me agradou bastante, a história é contada rapidamente, mas é fácil de ser entendida...as músicas também não deixam a desejar... eu não sei se tem mais de um final, mas imagino que não.

Comandos e observações:

Menu: abre com X, use a seta para cima para abrir sua lista de skills.
Lago: Não é bug, seu barco realmente vai para lugares que você não quer.
Preste atenção nos seus itens no menu, combinando-os no Solo, pode obter itens melhores.
A menina te da um mapa do lago se insistir muito com ela, mas eu não acho necessário.
Preste atenção nos raminhos secos no chão.

Detonado:

De inicio, o jogo pode parecer chato, já que você da dois passos e já tem que lutar : P e é o tempo todo...mas isso pode se resolver no lago:

Siga para cá -> e vá para baixo, o primeiro baú que encontrar terá um colar de ilusão, que não vai deixar os monstros te verem... mas eu não recomendo usa-lo de imediato, porque você sobe de nível conforme luta, ganha Luz, que serve para ativar as skills e a Luz também serve para comprar itens depois, recomendo usar o colar onde tem as flores de cerejeira, se ainda estiver num nível baixo.

Não se esqueça de pegar os itens nos outros baús, eles são praticamente indispensáveis e estão espalhados pelo lago.

Seu primeiro "puzzle" é derrotar os 4 boss do lago, eles são bolinhas douradas flutuantes e estão espalhados pelo mapa, após o último ser derrotado, você pode batalhar com o dorminhoco que fica também no lago (recomendo ter um nível razoável e alguns itens de cura para lutar contra ele).
Depois disso converse com a sombra da árvore e ganhe a Lira(parece uma arpa), a sombra irá te ensinar uma melodia, não a esqueça, ela será útil, se possível, anote todas as notas, pra cima ( e sua cor) e assim por diante, também será útil no próximo puzzle.

Onde estou em cima, toque a lira ( melodia aprendida com a sombra, sempre que for evocar um NPC, a use).

Agora você tem a Lira, vá até onde há as cerejeiras, pra lá <- tem uma grande árvore, e no chão terá tipos uns ramos cor de rosa que brilham, clique ali e o "TOYA" irá aparecer, antes de aceitar o desafio, você precisa fazer um tônico lá com o Solo, numa porta pouco antes da entrada para as cerejeiras.
Terá que combinar dois itens ( raiz mais bulbo).
agora vá ate lá e entregue.
TOYA quer que você acerte a melodia da lira que ele vai tocar 3 vezes, mas atenção, digamos que você acertou 2 vezes, se errar uma, seus acertos irão para 1, então eu realmente recomendo anotar ou tirar uma foto das melodias.
A segunda porta, mais para dentro da floresta. (<- lira sendo tocada, -> porta já aberta)

Depois te vencer, você ganha uma nova melodia, capaz de abrir portas, mas somente portas sem as estátuas emburradas na frente, as portas que você pode abrir são duas, uma pertinho da menina, e outra mais dentro da floresta, onde tem o túnel maior, irá ter ramos secos perto do lago, toque a melódia que a sombra te ensinou, se não se lembra, abra o menu e clique em "S" lá tem as duas melódias aprendidas.
Uma outra sombra irá falar com você, ela vai te dar uma chave que te permite falar com estátuas, as estátuas magras que protegem as portas, vão fazer charadas, as estatuas gordinhas te dão a resposta, mas para isso precisa dar algo em troca para elas.
Essa é a porta perto da menina, onde eu circulei em branco é onde deve tocar a lira. 

Não lembro 100% das charadas, mas vamos lá (nem das portas que exigem...) basta procurar nas charadas a seguir: ( não esqueça de digitar tudo em maiúsculo ou tudo em minúsculo), sempre que quiser ver a melódia terá que responder novamente o puzzle, melhor anotar ou tirar foto.

Charadas das estátuas magras:

O homem que caminha na chuva não abre mão de sua CARTOLA.
 Esse é o maior e não me lembro exatamente dele, mas lembro das respostas( é última porta do lado de cá <- láaa nas cerejeiras, se não me engano):
Primeiro passo: SACERDOTE
Segundo passo: ANGELICAL
Terceiro passo: DESATENTO

A luz que não se apaga na escuridão é acessa pelos PEIXES.

Agora você já deve ter acesso a Mono(lua), eu não comprei itens com ela, eu prefiro batalhar mais e ganhar os itens, mas ela vende equipamentos que podem ser úteis.
O circulo branco marca onde deve tocar a lira para o boss aparecer.

Agora, creio que já pode ir enfrentar o boss final ( certifique de enfrenta-lo com o HP completo, e com o VP e o EP totalmente carregados, leve bastante itens de cura e tenha um bom nível).
Ah sim, o Boss final fica onde tem a charada de três perguntas.
Após vencer o boss, você ganha uma cabeça de estátua eu acho .-. que você coloca ...aqui:



Depois disso mostrará uma cena e assim termina....
Qualquer dúvida só deixar nos comentários ><

O jogo possui criador brasileiro...então está tudo em pt-br e-e
(pego no site da Zero Corpse ~site confiável~)